Artigos > Google X Microsoft

 

Foi ao ar neste mês (Setembro) um documentário do Discovery Channel sobre o Google. Do começo à quase crise financeira e ao crescimento vertiginoso, o documentário apresentou detalhes sobre as parcerias feitas pela empresa no início de suas atividades, o plano de crescimento adotado pela empresa, o AdWords (sua maior fonte de renda) e a forma agressiva como agia em relação à atingir seus objetivos.

Dias antes havia acompanhado em uma reportagem no Fantástico da TV Globo sobre o Google a entrevista dada por Eric Schmidt, Presidente-Executivo do Google. Nesta oportunidade Eric fez menção a ingressar o Google na área de Sistemas Operacionais, mas com base em Web. Na explicação dada por Eric, o Sistema Operacional do usuário seria instalado em servidores do Google e o usuário o utilizaria remotamente através da Internet.

O Google estaria, portanto, entrando na área em que a Microsoft impera.

Do outro lado da rua, a Microsoft começa a trabalhar com Software Livre e tenta comprar o Yahoo, maior rival de mercado do Google.

Vejamos: Uma empresa tentando entrar na área de atuação da outra. Coincidência? Observe os fatos e verá que não há coincidência.

O Google é o Gigante da Web, seus serviços são, atualmente, inigualáveis. Já a Microsoft é a Gigante dos Sistemas Operacionais Windows e Softwares de Escritório, maior e a mais rica empresa de informática do mundo.

Esses fatos são precedentes de uma batalha que está para acontecer entre Google e Microsoft, mas que deve levar alguns anos para começar. O sonho do Google de hospedar Sistemas Operacionais em Cloud Computing somente será possível com a melhoria dos links de Internet de seus usuários, e a Microsoft precisa se adequar à grandeza, quantidade e qualidade dos serviços do Google, além de melhorar seus Sistemas Operacionais para fidelizar seus clientes mantendo-se líder nesta área.

Ás vésperas de termos mais uma versão do Windows (Codinome Seven), estamos, na verdade sedentos por novidades extra-Microsoft.

Que comece a briga entre Google e Microsoft e que nós, os usuários finais, sejamos os grandes beneficiados.

Quem viver, verá.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.