ArtigosArtigos > Internet cresce no Brasil. Parana proíbe P2P

Artigos > Internet cresce no Brasil. Parana proíbe P2P

Segundo dados do IBGE, o Brasil atingiu uma das melhores médias de acesso à Internet por habitante: 1 em cada 4 brasileiros possui acesso à Internet em casa.

Tecnologias como o PLC e o barateamento do computador doméstico tendem a reforçar esse crescimento.

A notícia chega junto à lei Anti-P2P aprovada no Paraná.

A lei, encomendada por profissionais do cenário fonográfico, foi aprovada esta semana pelos parlamentares paranaenses.

Algo realmente lamentável. Como se os amigos políticos nunca tivessem baixado um “.mp3” no Rapidshare.

Tão lamentável quanto à aprovação dos amigos políticos do governo paranaense é a incapacidade dos profissionais fonográficos.

Agora a pergunta que vale 1 milhão de reais: Qual é a saída? A resposta é: Reinventar-se.

Ao meu ver, dado o cenário atual, reinventar-se seria vender pela Internet, como faz a PC Magazine (veja bem, a PC Magazine, uma das maiores revistas do mundo) que imprimiu seu seu último exemplar em janeiro deste ano e agora dedica-se à versão online.

Essa saída é válida não apenas para CD’s, mas também para outras mídias defasadas como Jornais e Revistas.

É um fato que quanto mais a Internet brasileira cresce em quantidade e qualidade, maior é a queda dos lucros das mídias supracitadas.

Em curto prazo a lei paranaense pode prejudicar o internauta, mas a longo prazo o prejudicado serão as próprias gravadoras, pois contam com isso como medida preventiva e não agem para crescerem no ritmo da nossa Internet. A solução é agir e não achar culpados.

Temo, apenas, que seja o precedente para implantarem em todo território nacional.

O Brasil já ocupa lugar cativo na Internet e caminha ao topo em passos largos. Somos o país com maior tempo de navegação e temos cada vez mais usuários conectados. Nossa Internet melhora a cada dia (a Telefônica não cai faz 2 semanas). Não podemos regredir com sensuras tolas como a proibição paranaense do P2P.

PS: A lei paranaense não leva o Lixo do Momento por que esse blog não tem foco político, mas fica o título simbólico.

Categories: Artigos Tags: , , ,

Comments

No Comments Yet. Be the first?

Post a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.