ArtigosArtigos > Plano de mudanças em ambiente de produção

Artigos > Plano de mudanças em ambiente de produção

Todo ambiente de produção requer atenção máxima em situações de mudanças em configurações.

Uma mudança de configuração é qualquer alteração realizada no sistema operacional. Seja a instalação/remoção de um software ou mudança de um simples parâmetro, uma mudança mal sucedida pode causar grandes estragos. Alguns podem ser até irreversíveis do ponto de vista técnico, comercial e financeiro.

Para manter o controle em dia, todo processo de mudança deve possuir um Plano de Mudança. Esse plano de mudança deve conter informações relevantes, tais como:

– Agendamento da mudança;
– Passos para execução da mudança;
– Passos para testar a mudança realizada;
– Passos para desfazer a mudança;
– Passos para testar as mudanças desfeitas.

Tais informações devem ser claras, objetivas e sempre que possível, conter um passo-a-passo detalhado. Desta forma ficará documentado o procedimento adotado de forma que qualquer outro profissional técnico possa compreender as informações registradas.

O plano de mudança ideal possui maior complexidade, como vemos a seguir:

– O solicitante faz o pedido de mudança;
– Um intermediário analisa o pedido e acrescenta ou ajusta os passos necessários;

– Um terceiro analisa os passos informados, aprova ou recusa o trabalho. Ao reprovar, devolve o pedido de mudança. Ao aprovar, encaminha para um executor que fará a mudança e os testes pós mudança.

A ordem é basicamente essa. Contudo, pode ser aprimorada de acordo com a necessidade de cada empresa.

O importante é manter a organização do processo de mudança, pois assim não haverá contratempo caso seja preciso desfazer as alterações.

Esse conceito é parte do ITIL e é fortemente empregado por administradores de sistemas e em organizações verdadeiramente organizadas.

Encontrei na Internet (leia-se Google) um bom artigo que aborda a organização do plano de mudança. Segue o link:

http://www.wthreex.com/rup/process/activity/ac_epcmp.htm

Abraços!

Categories: Artigos Tags: , , , ,

Comments

No Comments Yet. Be the first?

Post a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.