Curtas > O preço dos bons profissionais

Assistindo a um documentário sobre acidentes aéreos, tive a certeza de que nem toda tecnologia é suficiente quando o ser humano insiste em cometer erros primários.

Parte das falhas humanas estão relacionadas a desorganização, que está relacionada ao despreparo de funcionários o que, por sua vez, está relacionado as más condições de trabalho.

Empresas investem em tecnologias, mas erram ao deixar de investir em pessoas. Bons profissionais são caros, mas o preço a se pagar por erros de um funcionário despreparado pode ser bem maior.

No caso da aviação, paga-se com vidas, mas para cada empresa há um preço.

Publicado via Android.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.