ArtigosArtigos > Notebook sem HD com live USB trabalhando fino

Artigos > Notebook sem HD com live USB trabalhando fino

Me vi com um sério problema quando o HD do meu notebook pifou em novembro de 2012 e eu estava sem condições de substituí-lo imediatamente. Estava sem HD, mas fiquei sem poder trabalhar no notebook? Absolutamente não.

Pode soar estranho, mas trabalhar (por horas) com um notebook sem disco local é perfeitamente possível desde que possua uma distro Linux Live USB e acesso à Internet.

No meu caso, mantenho meus backups na núvem, alias nas núvens (backup cruzado), de forma que me bastavam um ou dois ajustes no Live USB (instalação do Flash, por exemplo) para começar a trabalhar.

Observe que falei em Live USB e não Live CD. Em casos de ociosidade, o CD demora para ser re-lido ao passo que o Pendrive não.

Outra observação, mas não menos importante; Não esbarre no pendrive (!!!) :)

Como é?

Basicamente, o boot pelo pendrive é muito (mas muuuuito) rápido. Leva alguns poucos segundos. Com o sistema carregado, basta entrar na Internet e utilizar serviços online (Google Drive, Dropbox, Evernote, RTM, Gmail, etc). Particularmente, isso foi tudo que precisei.

Cloud Computing para armazenar seus dados:

Hoje temos suítes office, e-mail, discos virtuais e muito mais, tudo na núvem. Assim podemos manter dados armazenados em um lugar seguro, de forma que não os perderemos mesmo com o desligue do sistema Live.

E quanto a performance?

Todo o sistema fica na memória. Isso o torna muito rápido e estável. Pode-se trabalhar por horas e horas sem qualquer instabilidade. Porém, para isso sua memória RAM não pode ser sobrecarregada. Veja que Swap aqui não é uma opção (não tem disco manoloooo).

E quanto a segurança?

O sistema é completamente eliminado quando o desliga. Isso é uma característica positiva no aspécto da segurança. Porém, por outro lado, caso seu Live USB esteja muito desatualizado ou com vulnerabilidades não corrigidas, terá que tomar muito cuidado e/ou atualizá-lo a cada boot.

Nesse ponto, se muitas alterações forem necessárias, o melhor a se fazer é criar um script para o pós-boot, deixá-lo executando enquanto você pega um café e só voltar quando tudo estiver automagimente preparado (ou comprar o HD, né?).

Moral da história =)

Como diz o ditado chinês: “Com disco local é outra história” (hahaha isso foi uma piada, blz?). Os sistemas de hoje são feitos para rodar em disco local. Porém, com o Live USB e um pouco de urgência, poderá se surpreender tentando esfolar o penguim e não conseguir.

No meu caso, utilizei a distribuição Fedora com XFCE em um notebook com 2 cores de CPU e 4 GB de memória.

Categories: Artigos Tags: , , ,

Comments

  1. Vanilton Alves da Cruz

    2016/09/01 17:55

    Tenho notebook lenovo G485 modelo 20136 ta sem hd consegui um programa uboot2016 coloquei e nao consegui estala por favor me de umau orientação .me de uma ajuda.
  2. @wili4m

    2016/09/02 11:30

    Olá, Vanilton. Desconheço esse software. Abraço.

Post a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.