Artigos, Centos, Debian, Fedora, Linux, openSUSE, Redhat, UbuntuGerenciando serviços via Systemd

Gerenciando serviços via Systemd

Como mencionado anteriormente, até o Ubuntu adotará ao Systemd a partir da versão 15.04. Nesse caso, se o amigo ainda não está familiarizado com Systemd, nada melhor do que fazer um update em seus conhecimentos.

Aqui vão alguns comandos básicos de start, stop, enable, etc, via Systemd.

Comando para iniciar um serviço:
systemctl start SERVICE.service

Comando para parar um serviço:
systemctl stop SERVICE.service

Comando para reiniciar um serviço por completo:
systemctl restart SERVICE.service

Comando para reler configurações e recarregar um serviço:
systemctl reload SERVICE.service

Comando para checar o status de um serviço:
systemctl status SERVICE.service

Comando para ativar um serviço no boot:
systemctl enable SERVICE.service

Comando para retirar um serviço do boot:
systemctl disable SERVICE.service

Comando para chegar se um serviço está ativado no boot:
systemctl is-enabled SERVICE.service

Comando para chegar se um serviço está ativo no sistema:
systemctl is-active SERVICE.service

Comando para exibir detalhes sobre um determinado serviço:
systemctl show SERVICE.service

Comando para listar todos serviços:
systemctl list-units --type service

Comando para verificar Target (runlevel) default:
systemctl get-enabled

Comando para trocar Target default:
systemctl set-enabled graphical.target

Comando para trocar o Target sem alterar o Target default:
systemctl isolate multiuser.target

Esses são apenas alguns comandos, creio que os mais utilizados, de manipulação de serviços com Systemd.

Caso o amigo leitor queira aprofundar-se a respeito, sugiro uma visitinha no site da Red Hat.

Categories: Artigos, Centos, Debian, Fedora, Linux, openSUSE, Redhat, Ubuntu Tags: , , , , , , , ,

Comments

No Comments Yet. Be the first?

Post a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.