Artigos, LinuxArtigo > Clonando particionamento de discos com sfdisk

Artigo > Clonando particionamento de discos com sfdisk

Em certas situações, geralmente quando trabalhamos com RAID ou quando temos um padrão de particionamento estabelecido em vários computadores, precisamos copiar as tabelas de partição de um disco para outro. Isso nos poupa tempo, recursos e pode até mesmo evitar falhas.

Vou mostrar como é fácil copiar as partições de um disco e importá-las em outro disco usando sfdisk.

O utilitário sfdisk é parte do pacote linux-utils, então você já o deve ter instalado em seu sistema.

Neste exemplo, vamos usar o disco sda como disco de origem. O disco de destino será o sdb. Adapte esses exemplos ao seu cenário, mas tenha muito cuidado ao fazer isso, pois você pode perder dados se fizer esses passos no disco errado.

Exportando o particionamento de um disco existente (sda):

Primeiramente, vamos fazer um dump do particionamento do disco de origem. Para isso, usamos o comando destacado abaixo:

Não se preocupe com o comando acima, pois ele nada fará no disco de origem.

Importando o particionamento para o disco de destino (sdb):

Agora vamos particionar o disco sdb com base no dump que acabamos de gerar a partir do sda.

Tome muito cuidado nesse passo. Não vá importar esse particionamento no disco errado.

Ao executar o comando acima, poderá se deparar com o seguinte warning:

Isso ocorre por que o disco de destino está com file system “EFI GPT”. Nesse caso, repita o comando acima com o parâmetro “–force”. Ficará assim:

Caso o warning prossiga, entre no “fdisk” e troque o File System do disco para um padrão reconhecido pelo Linux, como por exemplo “EXT3” ou “EXT4”. Feito isso, repita o import que funcionará corretamente.

Categories: Artigos, Linux Tags: , , , ,

Comments

No Comments Yet. Be the first?

Post a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.