Artigos, CurtasArtigo > Restaurar um PC antigo ou comprar um novo?

Artigo > Restaurar um PC antigo ou comprar um novo?

Recentemente ressuscitei um velho amigo. Calma! Falo do meu digníssimo Athlon XP de 32 bits com 256 de memória RAM. Na época (2004) paguei R$ 3.200,00 por ele.

Obviamente que fiz um upgrade de memória. Passou de 256MB para 3GB. Também troquei a placa de vídeo. Antes era uma ATI Radeon, agora é uma Nvidia de 256MB (isso com a ajuda de um amigo que cedeu 2GB e a placa de vídeo).

Tudo funcionando em harmonia num Windows XP super estável. Opa! Windows XP? Sim! Windows XP!

Na era do Cloud Computing, onde tudo se encontra nas nuvens, nos tornamos reféns de browsers, mas browsers de hoje são muito pesados. O Google Chrome, por exemplo, sequer pode ser instalado em um sistema 32 bits. O Mozilla Firefox e o Opera Browser são pesados para processadores de 1 núcleo, mas até podem ser instalados, embora sejam bem lentos. Alguns plugins, como o Flash, lhes causam travamentos constantes. Ou seja, isso não é vida!

Ao ressuscitar um velho PC, o amigo leitor deve estar ciente de que muitos recursos atuais não funcionarão. Muitos desses PCs antigos terão que rodar softwares antigos, o que pode lhe deixar vulnerável e com brechas de segurança, pois a tendência natural é que softwares antigos sejam descontinuados por seus fabricantes que deixam oferecer atualizações.

Hardware, hoje em dia, é bem barato. Pode-se adquirir um bom PC com um investimento um pouco maior do que seria aplicado na restauração de um PC antigo. Por isso, faça as contas. Pense na sua necessidade antes de optar por restaurar o velho ou comprar um novo.

PS: pouco mais de um ano após a compra do PC, o governo lançou um programa que barateou o preço dos PCs. O meu, por exemplo, caiu de R$ 3.200,00 para menos de R$ 1.500,00 ahahahaha :`( imagina como me senti.

Categories: Artigos, Curtas Tags: , , , ,

Comments

No Comments Yet. Be the first?

Post a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.