Artigo > Configurando Flash no Opera para Ubuntu

O Opera Browser ainda é um ótimo navegador. Desde sempre muito inovador, mas hoje, ao que parece, a Opera (empresa) abriu mão dos usuários do Opera Browser para o Linux.

Um exemplo disso é o Opera para o Ubuntu, distro que a Opera diz que suporta. A Opera oferece em seu site o pacote DEB para o Ubuntu, mas o suporte acaba aí. Dificuldades com plugins e extensões são recorrentes também no Ubuntão.

Existem muitas dificuldades para o Opera no Linux. Desde a presença de pacotes em repositórios até extensões e plugins básicos.

Plugin do Flash

Configurar o Flash no Opera é uma tarefa ingrata. O pacote do Flash da Adobe não é configurado automaticamente no Opera, e mesmo configurando na mão através dos symlink do “libflashplayer.so“, o Opera não carrega o lib.

A solução para o Flash no Opera é utilizar o pacote “pepperflashplugin-nonfree“. Ele está no repo do Ubuntu, então basta um apt-get install pepperflashplugin-nonfree.

Opera e o fim

A Opera tá capengando a um tempo, tomando prejuízo atrás de prejuízo.

Acertar a mão em coisas básicas como oferecer um repositório para algumas distros é crucial para a Opera sobreviver.

O Opera é um bom navegador. O que falta é capricho.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.