Artigos, Centos, Debian, Fedora, Linux, openSUSE, Redhat, Troubleshooting, UbuntuArtigo > Recuperando HD/SSD com Badblocks

Artigo > Recuperando HD/SSD com Badblocks

Badblock Linux

Hoje vou demonstrar como o utilitário “badblock” do Linux pode reparar o área útil de um disco defeituoso e, de quebra, te poupar uma grana.

Importante falar que setores de um HD/SSD com defeito físico não podem ser recuperados. Porém, podemos marcar setores defeituosos, o que permite ao filesystem operar normalmente nesse disco (leia HD ou SSD) por um tempo ou por toda a eternidade (parece muito, né?).

Observações:

• O método que veremos a seguir gera perda de dados. Inclusive, você precisará reparticionar seu disco. Portanto, caso tenha dados sensíveis em seu HD, faça backup e somente siga essas instruções se tiver absoluta certeza de que a perda de dados (incluindo o sistema operação instalado) não lhe acarretará prejuízos.

• O processo é bem lento. Então, não tenha pressa. Pode durar várias (e várias) horas.

• Caso utilize um notebook/netbook, conecte-o ao carregador.

Quando surgem Badblocks e como diagnosticar

Tudo vai bem no seu sistema operacional quando, sem mais nem menos, começam a surgir comportamentos estranhos como:

Linux: Partições pedindo constantemente FSCK ou que simplesmente deixam de montar;

Windows: Sistema extremamente lento e/ou com arquivos corrompendo o tempo todo.

Esses são sintomas de blocos defeituosos. Normalmente pode-se encontrar logs contundentes no dmesg, syslog e/ou messages do Linux ou no EventViewer do Windows.

Reforçando que badblocks não são exclusividade de HD mecânico (IDE, SATA, ISCSI, etc). Também ocorrem em SSD.

Mãos a obra

Primeiro, você vai precisar de um Live CD/USB Linux. Com isso em mãos, inicialize seu computador pelo Linux live. Com o sistema carregado, torne-se “root” com o comando su ou sudo su.

Identifique o disco a ser reparado com o utilitário fdisk. Certo do disco a ser reparado, utilize o comando destacado logo abaixo e vá curtir um pouco sua vida. A checagem de badblocks iniciará e demorará horas até terminar. O reparo será feito paralelo a checagem.

Segue o comando:

Observe que sdX é um exemplo. Troque-o pela unidade que corresponde ao seu disco. A medida que o progresso anda, são exibidos dados de disco.

Pós checagem/reparo

Se algo realmente foi reparado no seu disco, provavelmente perdeu parte ou todo particionamento do mesmo. Por isso, se fará necessário o reparticionamento do seu disco. O reparticionamento poderá ser feito via fdisk ou cfdisk, como quiser.

Recuperei 2 discos, um mecânico e um SSD, com esses passos. Espero que o(a) amigo(a) consiga ter o mesmo êxito. Abraço!

Categories: Artigos, Centos, Debian, Fedora, Linux, openSUSE, Redhat, Troubleshooting, Ubuntu Tags: , , , , , , ,

Comments

No Comments Yet. Be the first?

Post a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.