CarreiraCarreira > Mesas compartilhadas prejudicam a produtividade

Carreira > Mesas compartilhadas prejudicam a produtividade

O ambiente de trabalho conta muito para a satisfação de todo profissional, o que está diretamente ligado à sua produtividade. Um ambiente de trabalho descontraído faz com que o profissional permaneça saudável e que queira permanecer por mais tempo na sua empresa, chegando ao ponto de orgulhar-se de trabalhar ali.

Contudo, de alguns anos para cá, empresas de tecnologia têm adotado um padrão americano de trabalho que consiste em mesas compartilhadas com pequenas divisórias entre os funcionários.

Na imagem abaixo, um exemplo de ambiente com mesas compartilhadas:

Quando esse padrão foi inventado, pensava-se num aumento de satisfação e, consequentemente, de produtividade. A satisfação aumentou, sem sombra de dúvidas, porém, a produtividade nem tanto. Com o passar do tempo, ficou claro para algumas empresas que essa mudança fez cair a produtividade, pois a distração entre os funcionários aumentou.

Os profissionais

Muitos profissionais que trabalham nesse sistema compartilhado utilizam fones de ouvido para aumentar o foco e isolar-se do ambiente que, por vezes, é barulhento. Barulhento, mas não como num estádio de futebol, mas sim devido a conversas que nos tiram a linha do raciocínio, demandando mais tempo para concluir algumas tarefas.

Posso falar com propriedade sobre esse assunto, pois já trabalhei com os dois sistemas; em mesas com grandes divisórias e em mesas compartilhadas. A capacidade de concentração em mesas isoladas é muito maior do que em mesas com pequenas divisórias. Trabalhando em ambiente compartilhado, cheguei ao ponto de fazer home office só para finalizar um projeto que demandava maior atenção.

Na imagem abaixo, um exemplo de ambiente com mesas separadas:

As empresas

Nos EUA algumas empresas já voltaram para o sistema antigo. Porém, por aqui no Brasil, onde tudo é muito mais caro (material e espaço quadrado de escritório) e os funcionários muito mandões, imagino que seja demasiadamente custoso para as empresas, em todos os sentidos, pois inclusive mexeria na empolgação dos funcionários.

Portanto, talvez seja algo para as empresas tupiniquins manter no radar para talvez um dia achar uma solução, um equilíbrio em nível de ambiente que atenda tanto a satisfação do funcionário, baixo custo de operação e menos distrações.

Enquanto isso, ao amigo leitor, deixo minha dica: escolha um bom fone de ouvido, uma boa trilha sonora e foca no trabalho!

Abraço!

Categories: Carreira Tags: , , ,

Comments

No Comments Yet. Be the first?

Post a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.