Modo noturno com Redshift

Redshift - Controle de Luz Azul no Linux

Sabe-se que a luz azul presente em aparelhos eletrônicos afeta a saúde dos olhos, além de tirar o sono, e à longo prazo pode nos causar sérios danos. Por isso devemos tomar certos cuidados a exposição prolongada ao computador.

Nesse sentido, o Redshift é um software para se ter por perto. No mínimo interessante, ele controla a exposição de luz azul “temperando” a cor da tela à medida que o dia avança para a noite.

Presente nos melhores repositórios de software, sua instalação é bem simples:

yum install redshift

Ou:

apt-get install redshift

Pode-se configurá-lo deixando-o menos ou mais “agressivo“. Sua configuração é pouco intuitiva, mas nada complexa. Vejamos o exemplo que uso em meu notebook:

[redshift]
temp-day=7000K
temp-night=4500k
transition=1
gamma=0.8:0.7:0.8
brightness=0.8:0.5

; The location provider and adjustment method settings
; are in their own sections.
; This is an example lat long for Sao Paulo BRAZIL
[manual]
lat=-23.550520
lon=-46.633309

Na sessão [redshift] você pode configurar a temperatura diurna e a temperatura noturna, respectivamente em temp-day e temp-night.

O transition ativa ou desativa a transição gradual entre o dia e noite, o que é bem bacana.

A configuração de gamma define a combinação entre as cores vermelho, verde e azul, além da quantidade de luz que é emitida.

O brightness é o brilho propriamente dito.

O trecho acima é importante para uma boa experiência no uso do Redshift, por que a configuração inadequada pode induzí-lo a desistir do software, mas lembre-se; a questão aqui é a sua saúde.

Na sessão seguinte podemos configurar latitude e longetude para determinar onde estamos. Com isso o software entenderá quando é dia e quando é noite. Pode-se pegar latitude e longetude no Google Maps, por exemplo.

Feita a receita de bolo, basta alocá-la em /etc/redshift.conf e colocar o software na inicialização do seu sistema. O Redshift não possui um daemon, de forma que você pode configurá-lo entre os scripts inicializáveis da sua interface gráfica.

Observação

Para os amigos que usam Windows, há um software similar ao Redshift: Chama-se f.lux e sua configuração é tão simples quanto.

Resumo

Agora não tem desculpa para não cuidar da saúde enquanto trabalha. Todo cuidado é pouco, amigo leitor. A luz azul semeia males maiores que somente serão colhidos no futuro. Então, nada de negligenciar sua saúde.

Forte abraço e até a próxima.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.