Artigos > Linux > Comando screen

Antes de começar, vamos falar sobre o comando screen.

Imagine a seguinte situação: Você está fazendo um backup do servidor interno da sua empresa. O arquivo de backup possui 200GB e está sendo baixado via rede. Aos 99% do download, você acidentalmente fecha a janela do Terminal e encerra o processo.

Casos como esse podem ser evitados por meio do comando screen. Ele nos permite criar sessões, ou janelas, dentro do Terminal. Assim, mesmo que fechemos a janela do Terminal, o processo continuará em execução.

Li os comandos abaixo no site http://servidorgerenciado.com.br/.

Screen – torna possível rodar vários pseudo terminais, manipular e salvar suas entradas e saídas no screen, além de copiar e colar entre as janelas.

Vou mostar como rodar um comando que leva horas, dentro de um screen.

Vamos primeiramente instalar o screen, usando yum, apt-get, ou algum gerenciador de pacotes que você tiver disponível. No meu caso, usarei o yum.

yum install screen

Agora digite:

screen

Este comando iniciará uma nova janela dentro do screen. Você tem também a opção de iniciar o comando dando um nome a janela (parametro -S). Exemplo:

screen -S janela1

Neste caso, a janela se chamará “janela1?.

O screen funciona como qualquer outra sessão dentro do ssh. Você pode digitar qualquer comando agora, que irá rodar normalmente.

Se você quiser sair da sessão do screen, deixando-a ativa, e manter o comando que estava sendo executado, faça:

Ctrl-a d (pressione control +a, solte, e em seguida aperte d)

Então, quando você quiser voltar a janela screen, digite:

screen -r

Outras opções que você tem quando está dentro do screen são:

1. Para criar uma nova sessão:

Ctrl-a c

2. Para alterar entre as sessões:

Ctrl-a n

Existem outras possibidades de uso. Para maiores informações e ajuda, você pode utilizar no seu terminal:

man screen

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.