Artigos > Diferença entre Open Source e Free Software

Apesar de serem diferentes, é muito comum encontrarmos as palavras Open Source e Free Software sendo utilizadas como se fossem sinônimos.

Para entendermos a diferença entre Open Source e Free Software, precisaremos falar sobre os conceitos de liberdade pregada pela licença GNU GPL.

Licença GNU GPL (GNU General Public License).

A licença GNU GPL abrange 4 liberdades básicas:

  • Liberdade 0: A liberdade de executar o programa, para qualquer propósito.
  • Liberdade 1: A liberdade de estudar como o programa funciona e adaptá-lo para as suas necessidades. O acesso ao código-fonte é um pré-requisito para esta liberdade.
  • Liberdade 2: A liberdade de redistribuir cópias de modo que você possa ajudar ao seu próximo.
  • Liberdade 3: A liberdade de aperfeiçoar o programa, e liberar os seus aperfeiçoamentos, de modo que toda a comunidade se beneficie deles. O acesso ao código-fonte é um pré-requisito para esta liberdade.

Free Software:

O Free Software segue à risca os quatro conceitos de liberdade da GPL. Seu foco está em valores morais, éticos, direitos e liberdades. Quando chamamos um software de Free, não quer dizer apenas que esse software é gratuito, mas sim que o software é livre conforme as liberdades do GPL. Além disso, um programa/sistema só é considerado GPL se todos os seus componentes também forem GPL.

Open Source:

Para o Open Source, há um discurso mais agradável às empresas, pois possui premissas para atraí-las. O Open Source define que todos aplicativos podem ser estudados, modificados e redistribuídos livremente conforme os três primeiros conceitos de liberdade do GPL, contudo, o desenvolvedor desse código tem o direito de estabelecer algumas restrições, o que vai contra o quarto conceito da GPL.

Exemplo:

O Mozilla Firefox lhe permite criar cópias e as distribuir, lhe permite ver o código para consulta, estudo e até mesmo para edição, mas caso você o edite não poderá redistribuir utilizando o nome “Mozilla Firefox”. Neste caso você precisaria alterar o nome do programa: Isso o encaixa na filosofia Open Source, mas não o faz na filosofia Free Software.

É isso. Até a próxima.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.